O Arauto

Photobucket

segunda-feira, dezembro 18, 2006

São Silvestre custa 35 milhões de kwanzas aos cofres do Estado

A 51ª edição da São Silvestre de Luanda que sai à rua, às 17h00, do próximo dia 31, está orçada em trinta e cinco milhões de Kwanzas, deu a conhecer no final de semana ao Jornal de Angola, o presidente da Federação Angolana de Atletismo-FAA, Carlos Teixeira.
O montante serve para subvencionar os encargos inerentes ao evento, ou seja, o pagamento do alojamento, transporte, prémio dos representantes de cada uma das províncias do país e estrangeiros.


Por: António Cristovão


A última edição, vencida pelo queniano Paul Tergat, foi avaliada em trinta e dois milhões de Kwanzas (equivalente a 300 mil dólares), montante inferior ao das provas anteriores. O dinheiro serviu para custear os encargos inerentes ao evento.

Para a competição, estão confirmadas as participações dos fundistas cabo-verdianos Nelson Cruz e Sónia Lopes, Luís Jones e Hortência Domingos (Moçambique), Kutaku Shoko e Samukelifo Moyo (Zimbabwe) e do português Eduardo Henrique.


Esta semana, a direcção organizadora da São Silvestre realiza uma conferência de imprensa na sede da Federação Angolana de Atletismo, para anunciar os nomes dos representantes do Brasil, Etiópia, Namíbia e São-Tomé e Príncipe, que farão parte da prova.


Paul Tergat, o queniano e antigo campeão do mundo de fundo foi vencedor da 50ª edição da São Silvestre, com o tempo de 45 min. 22 s. 03. No sector feminino, a prova foi vencida pela também queniana Margareth Okayo, tendo cronometrado o tempo de 49’11’’02. Os angolanos José Lourenço e José Tchingue, ambos do Petro de Luanda ocuparam, respectivamente, o segundo e terceiro lugares.


As delegações estrangeiras iniciam a escalar a cidade de Luanda no próximo dia 28 do corrente mês e estarão alojadas no Hotel Tivoli. Aliás, o local onde estarão hospedadas todas as caravanas estrangeiras, bem como a selecção nacional.

Os representantes das províncias do país ficarão alojados no Complexo do Futungo II, no município da Samba.

Fonte: Jornal de Angola

2 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial