O Arauto

Photobucket

quinta-feira, junho 15, 2006

Será que a Polícia está a arrumar a casa?

Carmo Neto, porta-voz da Polícia Nacional, veio a público dar conta que os agentes que arrancaram as unhas com alicate aos homens que trabalhavam como seguranças para a Maboque foram expulsos da corporção.
Foram expulsos da corporação não só estes, mas também outros que, sem apelo nem agravo, maltrataram e tentaram extorquir outros cidadãos que, para além da AJPD, não têm instituição nenhuma que os possa mais defender.
Contudo, é preciso dizer que não basta expulsar quatro, cinco ou dez agentes da corporção. É preciso, isto sim, começar-se a ser mais selecto no que respeita ao recrutamento de pessoas para integrarem o efectivo da Polícia Nacional.
É preciso que os presos nas cadeias de Luanda e de outros pontos do País deixem de ser sodomizados e torturados com choques eléctricos.
É preciso, isto sim, que os agentes da polícia tenham outros métodos para lidar com os cidadãos que não a força e a aplicação do manual de tortura física e psicológica do passado.
É preciso, isto sim, que a polícia inculque em si o principio de investigar primeiro e prender depois e não o inverso como se tem verificado até ao presente momento.
É preciso, sim senhor, que nesta altura do campeonato a DNIC passe à tutela do Ministério da Justiça e não do Interior.
É preciso, isto sim, que a policia deixe de se servir delinquentes quando é para "limpar o sebo" a políticos da oposição e montar armadilhas a Jornalistas que não sejam de órgãos públicos.
Vamos esperar, pois, que o nóvel ministro do Interior arrume a casa!