O Arauto

Photobucket

segunda-feira, junho 12, 2006

Greve silenciada

Os jornalistas do JN cumpriram, sexta-feira e sábado passados, uma greve de um dia e uma greve ao trabalho suplementar no feriado Dia de Portugal. “Jornal de Notícias”, “Diário de Notícias” e “Correio da Manhã” publicaram, nas suas edições de sábado, envergonhadas breves de 200 a 300 caracteres sobre a paralisação. O "Público", sempre atento e com uma secção de “Média” sempre muito atenta, ignorou. E a RTP-1 passou uma pequena reportagem no “Jornal da Tarde”. Independentemente das razões que possam, ou não, assistir aos grevistas fica para o futuro o silenciamento da greve, executado (e orquestrado?) pelos seus próprios pares.Na sexta-feira, os trabalhadores consulares e das missões diplomáticas também estiveram em greve. Aqueles mesmíssimos órgãos de Comunicação Social não silenciaram esta paralisação. E bem.Entre uma e outra atitudes fica o comportamento menos sério de vários jornalistas e jornais. A quem aproveita este silenciamento?

4 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial