O Arauto

Photobucket

quarta-feira, junho 21, 2006

Jornalista ou (ignorante) leitora de conteúdos?

«Meu caro, em complemento a este seu artigo sobre a Comunicação social portuguesa, sob o título "É hora de a Imprensa portuguesa começar a escrever de forma mais séria" deixe-me alertá-lo para o facto do mesmo estar "incompleto". Quando uma jornalista, ou leitora de extractos de conteúdos, de uma televisão portuguesa afirma haver cerca de 40 dialectos em Angola, e 3 (três) línguas nacionais (Kimbundo, Umbundo e Tchokwé) que em Luanda se fala kimbundo e ao Sul cuanhama e mais a norte, Benguela e Huambo, se fala umbundo, o que podemos pensar desta lusitana comunicação social?
Podia ter colocado isto nos comentários... mas, acho que devo falar-lhe directamente e sem intermediários. Devemos alertar para a impreparação que alguns jornalistas, e quero acreditar que o são mas que estão deficientemente preparados e apoiados - provavelmente se deve a falta de meios logísticos e monetários nos seus locais de emprego - porque não só descredibilizam a cooperação a que pertencem como transmitem dados incorrectos para quem os lê ou ouve. Não é de admirar que a Casa de Angola esteja a ponderar em tomar uma posição pública sobre factos como este.

Um grande kandando deste seu amigo, Eugénio Costa Almeida»

3 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial